segunda-feira, 8 de março de 2010

O dia da desforra

Hoje pela manhã, o noticiário, dentre tantos assuntos, ressaltou o desespero de famílias humildes que perderam parentes, suas casas, sua esperança por causa da torrencial chuva que veio sobre a cidade do Rio de Janeiro, no sábado.
Uma das imagens que mais me deixou triste, foi a de um garoto, que deveria ter uns 9, 10 anos de idade. Estava encostado no carro do corpo de bombeiros e sua esperança, de ver a mãe retirada com vida dos destroços da casa, se esvaía junto com suas lágrimas. Infelizmente a mãe do menino não resistiu e morreu.
A câmera muda de foco e lá está uma mulher com um choro agonizante. No outro canto da tela, um homem leva as mãos até a cabeça - imagino que ele devia ser o provedor de sua casa, de sua família - num ato que demonstrava desespero, desamparo, inutilidade.

O ano de 2010 começou como o ano da fúria. Haiti, Chile,chuvas torrenciais em São Paulo, Rio e em outras tantas localidades.
Essa última tragédia, no Chile, mostrou que é um pais com um Governo preparado pra uma catástrofe que ocorre todos os anos. E aqui? Até quando nosso Governo vai assistir omisso, estático a destruição que as chuvas de verão fazem todos os anos? Um repórter disse que as autoridades não fazem um trabalho sério interditando os acessos às encostas. Acontece que o problema é muito mais do que só interditar os acessos, o problema é a desigualdade disseminada. Os menos favorecidos sofrem e pagam com suas vidas pela omissão de um poder verticalizado, um poder que ludibria a fé do povo, enfia dinheiro na cueca,sapatos, bolsos do paletó, fazem uma oração e dão a descarada, esfarrapada e deslavada desculpa de que, tantos malotes de dinheiro são pra comprar panetone. Nós não queremos panetone, não! O mais doloroso é ouvir o Presidente dizer a seguinte pérola: " As imagens não falam por si só." Acho que pra eles receberem a alcunha de ladrões, as imagens deveriam mostrá-los empunhando alguma arma de fogo. Isso é assunto passado, mas revolta.

Enquanto a cidade é inundada, encostas rolam abaixo invadindo casas e soterrando famílias inteiras, os "bonitões" recebem as notícias em suas mesas fartas, assistem na TV de tela plana boardless e não estão nem aí.
Aproveitem bem, pois Deus é justo e o dia da desforra vai chegar.
Construa sua mansão como um bunker blindado com aço balístico e fechadura de nove dentes. Coloque cães, alarmes, sensores de movimento e alta segurança armada, pois o dia de desforra vai chegar e nada disso vai adiantar. Inundará sua casa, como acontece com nossas ruas. Entrará por sua porta, sua janela como a lama que desce as encostas e derruba as casas de alvenaria frágil e parede madeirite.

No silêncio de sua omissão, zombaremos de toda sua arrogância

10 comentários:

  1. Isso é assunto passado, mas revolta.
    Não, acho que, se continuarmos fazendo vista grossa, nos deixando enrolar, vivendo somente para carnaval, futebol e big brother... Achar que Brasil é sinônimo de festa, e se há festa, não há problemas... isso continuará ai... sempre presente... pois maior parte dos brasileiros tem problemas de memória, ou pensamentos voltados para o próprio umbigo... "Se não me afeta, não é problema meu!" E assim vamos empurrando responsabilidades, confiando em quem não merece... Sabe o que eu acho, que deveria acabar essa droga de eleição, é uma arma que temos nas mãos, e nem isso usamos a nosso favor... É tiro no pé! Muitos de nós, nem sabe a importância de um voto... (Só pra eliminar Big Brothers, ai sim)

    É Brasillllllllllllllllllll!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Realmente, a recompensa dos injustos vira mais cedo do que se pensa.
    Amigo Vagner, um abração pra vc , se cuida !!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Sil,

    Eu entendi e estou de pelo acordo com tudo que vc escreveu, mas quando disse que era assunto passado, me referia a desatualização do assunto... Se é que um assunto desses pode se considerar desatualizado, até mesmo pelo motivo de estar muito vivo em nossas lembranças.
    Seu cometário é corretíssimo, vivemos alienados por uma industria que vende uma vida e opniões enlatadas, e muitos de nós aceitamos e deixamos descer goela abaixo esse mode de viver pré-fabricado.
    Infelizmente é uma grande verdade,muitos não sabem o valor e a importância queo voto tem, a não ser quando se está pra eliminar um BBB.

    ResponderExcluir
  4. Puxa, é muito triste mesmo amigo
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Ppzinho do meu coração!Que saudadeeeeeeeeeeeeeee!

    Pq vc fez isso hein? :(

    Qnto ao post:Acredito piamente nos sinais do fim dos tempos...

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Pois é, em São Paulo choveu como nunca, mas alagou como sempre. Mas quando o verão passa, todos se esquecem dos problemas.
    Esse assunto nunca é desatualizado mesmo, concordo contigo.
    Parabéns pelo blog.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Será que podemos fazer alguma coisa?
    Quem deveria ajudar de verdade não faz.
    E nós?
    Eu acho que também tenho alguma culpa
    Mas...
    Ainda bem que voce está lutando e eu vou CONCORDAR
    mas preciso AGIR
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  8. É realmente REVOLTANTE tamanha omissão, Deus é justo e o deles está guardado.

    P.S
    Assim como Luciana, acredito piamente que tudo isso que está acontecendo aqui e no mundo é sinais do fim dos tempos.

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  9. Oi Vagner,
    Parabéns pelo texto...muito bom mesmo...
    Certa vez eu estava vendo o noticiário ai do Brasil e estava havendo uns ataques do PCC (é assim mesmo que escreve) Eles estavam queimando ônibus e aterrorizando tudo... ai o reporter fazendo umas entrevistas com um pessoal num bar, eu nem me lembro o que foi conversado, mas vi todos lá tomando cerveja, rindo...como se nada estivesse acontecendo...aquilo me revoltou e pensei: o que esperar de um povo que diante das tragédias sentam-se em bares e bebem como se nada estivesse acontecendo? me lembro que comentei com meu esposo até.
    Hoje lendo o seu texto e vendo um dos comentários eu me lembrei que eu uso a mesma frase com relaçao ao voto: Nós temos uma arma nas mãos que é o voto...arma essa onde o tiro sai pela culatra...
    Amigo, no dia em que nós aprendermos a lutar por nossos direitos, buscar honestidade em nossos governos e sermos um pouco mais espertos ao eleger nossos governantes, ai sim poderemos critica-los e responsabilizá-los por tudo de errado...enquanto nós colocarmos lá esses sujeitos bandidos teremos que aguentar... o que precisamos é agir e reagir... nao sermos acomodados e esperar só por Deus... Está escrito: Faça e sua parte que Deus fará a dele....
    Perante a lei dos homens, esses se safam, mas na hora de prestar contas com Deus a coisa vai mudar de figura.
    E olha, é sim...estamos tendo sinais visiveis de que o fim dos tempos está próximo.
    Querido acho que falei demais e nem sei se tudo que disse faz sentido... mas lavei a alma e desabafei...
    Bjs carinhosos e tenha uma linda semana.
    Márcia

    ResponderExcluir

Deixe um pouco de você aqui.